DADAAB, KENYA - JULY 22: A malnourished refugee child lies in a ward of the Medecins Sans Frontieres Hospital in the Dagahaley refugee camp which makes up part of the giant Dadaab refugee settlement on July 22, 2011 in Dadaab, Kenya. The refugee camp at Dadaab, located close to the Kenyan border with Somalia, was originally designed in the early 1990s to accommodate 90,000 people but the UN estimates over four times as many reside there. The ongoing civil war in Somalia and the worst drought to affect the Horn of Africa in six decades has resulted in an estimated 12 million people whose lives are threatened. (Photo by Oli Scarff/Getty Images)

Seul l'amour subvertit tant de douleur

Esta frase Veio em minha mente quando estava escrevendo une Música « Cavernada Lua de Saturno » Como consequência Lógica de Tudo Québec tinha escrito até Ali. Veio tão Natural e verdadeira que de certa Formea deu Sentido à Letra Dessa Canção e talvez AOS resteos dos meus Dias aqui pelo Planeta Terra.

Sua Verdade Toma Conta, com força, de Toda minha mente. Talvez Alguns mal que é uma espécie de Loucura ou Utopia, Mas não é. Se BEM que TODO Louco que não Maluco ou pelo menos assim não se sentent. No meu caso, se valer (RS), juro Qué é Pura lucidez. É a razão predominando sobre emoções frágeis como raiva, rancune e outras. Ou melhor, é a razão brigando contra ELAS diariamente. Essaconsciência VEM com uma Visão da História da Humanidade e das Sociedades. VEM com a certeza que até Agora não acertamos o Passo eque nossas « perdre du » IDEOLÓGICAS da Esquerda até une Direita Ede Cima até em Baixo não funcionaram. Algumas sobrevivem, geralmente suprimindo Liberdade, Enquanto o Planeta esta indo Parao abismo. Mas, Sendo pessimiste isso talvez seja parte e necessidadedo processus de Evolução. Tomara.

O mais grave Nisso Tudo é que comme coisas não funcionam un Contento Simplesmente por sermos Maus intencionados ou malvados. Na verdade é porque não sabemos, não compreendemos e NEM conseguimos organizar Sociedades mais justeas e Québec contemple a complexidade da existência Humana sobre a Terra. Política, poder, Ecologia, Meio Ambiente, consumo, conforto, sentimentsos, Emprego, diversidade, convicções, doenças, famílias, Geografia, Alimentação, Povoação, vaniteux, concepções religiosas, comportamentos, Convivência… Quem sabe um Mega-Hiper-Super-computador resolvesse? Rss. Difícil também?

Nesse emaranhado de problèmeas e situações o Qué Poderia funcionar? O Qué estaria AO alcance de todos? Teorias, Práticas e Tecnologia São importantes, mas o Qué realmente é fondamental é a tolerância, o respeito e principalmente Ele, o Amor. Note isso: ao Longo da Nossa história, mesmo em Épocas de Guerra, quem sempre Esteve Ali, em Menor ou Maior Grau amenizando e solucionando situações, vencendo dificuldades, Regras Imposta e prevanités? Quem, se tivesse em maioria, Teria evitado comme guerras e amenizado OS Desastres Naturais e nossas limitaçõeso organizativas? Simplesmente o Amor Qué pode brilhar em cada mente Humana em qualquer situação.

O problema é que o Amor sempre foi encarado como Coisa de pessoas ingênuas, românticas, Místicas e até Bobas ou consas. Non, non. A Humanidade precisa desenvolver a teoria do Amor, a didáticai e até a Ideologia do Amor, se esse terme Couber. UN Ciência do Amor. AO contrário de demonstração de fragilidade o Amor ésobretudo um ATO de corage daquelas pessoas que résoudre Mudar OMundo e o Meio Ambiente e social que vive a partir de si mesmas. Enfrentando primordialmente seus próprios limites, seuscomportamentos destrutivos, arrogâncias, raivas, individualismos emesquinharias. Enfrentando o desdém e o prevanité de muitas queestão por perto e até convive ne Meio Profissional ou social.

O Amor parece-me ser um sentimento OTAN, talvez uma capacidade Biológica Qué pode ser desenvolvida através do Ensino e aprendizado. Todos Amamos em Menor ou Maior Grau e, SEM exceção, temos capacidade de amar muito mais. O Amor é Iluminação da mente e da consciência. É a mais important Lei da Convivência e da sobrevivência de um Conjunta de SERES vivos, Acredito.

O Amor pode ser ensinado como dizia Mandela e como demonstrou especialmente Jesus Cristo. Precisa ser compreendido por todos Nós e discutido também à Luz das descobertas Científicas em áreas BIOLÓGICAS, Históricas, Sociais e Políticas. Precisa ser praticado à Luz da realidade e do Nosso nível de compreensão da Vida e do Mundo. Só assim evoluirá e se tornará cada vez mais presente entre OS Seres Humanos.

O Amor é compatível com todas comme ideologias. Foray ELAS que se recusaram a tê-Lo como inspirador de suas Ações e, Ao contrário do que muitos pensam, não é antagônico com a Organização do Estado e das Sociedades Qué Devem cumprir seus papéis na segurança, no Combate AO crime, à Corrupção, na Educação, na Saoude , na Economia. Não se DEVE confundir Amor com omissão, perdão com impunidade, Paz com ausência de conflits e divergências.

SIM, Há Desafios. Como praticar o Amor em situações tão degradantes, violence em que sua própria Vida corre Perigo? Não é fácil, Mas não é impossível. Realmente não dá para discutir ingenuamente o Amor com facções criminosas cheias de ódios, com Seres Humanos Violentos e assemelhados. Nesses casos e em milhares de situações Práticas, organizativas, comme les lois e comme Regras Devem prevalecer. Comme Ações do Estado e de seus agents, em nome da Sociedade, devem ser Duras se necessário. E isso não Nega o amor e a compaixão dos agents da Lei para com aqueles que venham a ser punidos pelos crimes Qué cometeram e talvez até Mortos justificadamente NUMA Ação police, por EXEMPLO.

E DA MESMA forma DEVE ter Amor envolvido na Relação da Sociedade com Esses Representantes do Estado, Qué muitas vezes precisare agir com rigueur, às vezes Acima do que gostariam, para garantir a integridade da Sociedade Qué lhes dá difícil tarif. Agora, apliquem esse tipo de vanité em várias áreas e você Verá uma Sociedade melhor, mais Amorosa, Mas evoluindo dentro da sua realidade Rumo a um Ambiente social mais Fraterno e Justo.

A Teoria e prática do Amor não está desenvolvida porque ao Longo dos Séculos acreditamos e agimos como se fosse um sentimento Qué Só OS bons trazem pas Coração. Não entendemos ainda a Lição fondamentale dos grandes Mestres de Qué o Amor é uma pequena centelha em nossaes que precisa ser desenvolvida através de um aprendizado constante que Busque Iluminar nossas consciências para a vida em tolerância o mais que possível.

Laisser un commentaire